sexta-feira, 22 de Julho de 2011

Centro de Arte Moderna Fundação Calouste Gulbenkian - Lisboa

Até 9 de Outubro esta patente a exposição de João Penalva (Lisboa, 1949), um dos mais internacionais artistas portugueses. Uma retrospectiva que dá a conhecer as múltiplas facetas da sua obra, desde a pintura dos anos 90 às instalações e flmes que o tornaram conhecido a partir do final dessa década. O título da mostra, Trabalhos com texto e imagem, remete para as referências fundamentais da sua obra: teatro, cinema, narrativa e texto. 
Parte desta mostra estará em exposição na Kunsthallen Brandts, em Odense, Dinamarca, de 2 de Março a 28 de Maio 2012.
Legenda da imagem: As sombras escuras, de fim de tarde, do Mestre Nanyo, (2), 2007 Impressões de pigmento sobre papel Innova Photo Smooth Cotton de 310g, montadas a seco sobre Dibond, cartão, vidro acrílico, moldura de carvalho, 121.8 x 91.8 cm
Centro de Arte Moderna Fundação Calouste Gulbenkian| Rua Dr. Nicolau de Bettencourt | Lisboa | Terça a Domingo 10h às 18h ( Última entrada no museu às 17:45) | www.cam.gulbenkian.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário